Travessia do Marajó 2007

15 a 18/11/2007 | Marajó/PA

“Um dia eu vou contar aos meus netos que no mês de novembro de 2007 eu e alguns amigos JCP fizemos uma expedição a ilha do Marajó e o nosso objetivo era atravessarmos a ilha no sentido Sul / Norte e tentar chegar a costa norte da ilha, mas precisamente a fazenda Cajueiro, no município de Chaves, e no segundo dia de expedição chegamos, na costa norte, a uma praia de nome Anunciação e nós, os 12 jipeiros, exploramos parte dos 17 km de sua extensão e lá encontramos uma casa com uma velha moradora e para nossa surpresa ficamos sabendo que éramos os primeiros veículos motorizados a chegar naquela praia e lá passamos o dia nessa praia na foz do rio Amazonas, que deve ter aproximadamente 250 Km e avistando longe a ponta da ilha Mexiana (10Km) e com a alegria de sermos os primeiros a chegar, eu compararia essa alegria à daquele alpinista que consegue conquistar um cume nunca dantes conquistado.”

Mas para essa história acontecer o JCP teve toda uma participação, pois organizou cada detalhe dessa expedição, que passamos a contar agora: Dia 15 de outubro, feriado, 6:00 da manhã, lá estávamos nós embarcando nossos jipes na balsa que nos levaria ao Camará, já na ilha do Marajó, éramos 12 jipeiros, alguns já veteranos, íamos mais uma vez praticar off Road na ilha do Marajó, uma região belíssima, inigualável, sem nada parecido no Brasil, a expedição tinha como objetivo atravessar toda a ilha, passando por quatro municípios,

Salvaterra, Cachoeira do Arari, Santa Cruz do Arari e Chaves, chegamos em Camará as 10:00, saindo da balsa seguimos direto para Santa Cruz do Arari, chegando ao final da tarde, onde fomos muito bem recepcionados pelo prefeito local que havia preparado uma refeição a base dos pratos típicos regionais, de lá saímos para fazenda Cajueiro que seria a nossa base, nesse primeiro dia rodamos cerca de 175 Km, sem encontrar uma cerca, uma porteira ( isso é Marajó : campos intermináveis ) chegamos tarde da noite e somente no dia seguinte pudemos ver a beleza rústica do lugar, mas a adrenalina de chegar à costa comandava os nossos pensamentos e assim saímos em comboio e com a ajuda de alguns moradores locais chegamos a costa em uma praia conhecida por eles como Anunciação,

apesar de ser um dos veteranos em Marajó nunca havia estado por aquelas bandas e se chegar à costa norte já é uma conquista para poucos imagine chegar em uma praia que nunca havia estado um carro antes e assim passamos o dia por lá em estado de graça entre banhos no rio Amazonas e um churrasco improvisado, dá melhor qualidade, de volta a fazenda nosso companheiro Emerson nos fartou com um churrasco de búfalo e tamuatá assado, foi a senha para uma noite pra lá boa (com muito zoom).

No terceiro dia tínhamos que percorrer todo o caminho de volta e chegar a Salvaterra, a pousada Aruaque que fica as margens do rio Paracauari foi reservada para o nosso grupo onde fomos muito bem recebidos e pudemos descansar e recompor as energias para no dia seguinte sairmos, já à tarde para a foz do Camará a fim de pegar a balsa que nos levaria de volta a Belém. A cada vez vamos ao Marajó nos surpreendemos, essa vez foi uma das melhores, e essa foi a ultima trilha de 2007 o JCP não poderia ter sido mais feliz, agora nos preparemos a nossa mais emocionante trilha do ano o nosso Feliz Natal Fora de Estrada.

Este evento teve a participação de 10 jipes, pilotados por 9 sócios e 1 convidados, com a companhia de 8 zequinhas.
Piloto Zequinhas Veículo
Rodrigo Simões Lendia - Land Rover Defender 110
Antonio Roda Roger Loro
Vasconcelos Esperança Patchanga - Toyota Hilux
Iran Iran Neto Brutus III - Land Rover Defender 110
Chico Dadá Osama - Toyota Bandeirantes
Jaime IG - Engesa EE-4
Tavinho Alcina Boto I - Toyota Bandeirantes
Rogério Politi Enrico, Marcello Pit Bull - Jeep Willys CJ5
Ewerton Thays Marajó - Toyota Bandeirantes
Convidados
Tio Beto King Kong - Jeep Willys CJ5