TPM 2008
21 a 22/06/2008 | Santa Isabel do Pará/PA

Na terceira edição, a trilha TPM virou Trilha para Machos. E lá foram os machos rumo à cidade de Santa Izabel. O destino final: lama e atoleiros. Para Alberto Navarro e João Vitor da Silva, a trilha teve um sabor diferenciado. Afinal, a estréia é sempre inesquecível e os atoleiros vão ficar na lembrança dos novos jipeiros.

De Santa Izabel, os jipeiros seguiram para trilhas no Bananal I e II e em fazendas da região onde encontraram muitos atoleiros. Aliás, atolar e desatolar foram os verbos mais “praticados”, por assim dizer, nessa trilha. Navarro atolou duas vezes e deu trabalho ao guincho da toyota do Lucio Barros. Depois de muito esforço, finalmente o Navarro foi arrancado da lama.

Depois dele, outros aventureiros se encontraram com a lama. Franklin, Lúcio Barros, Gerson... mas graças a habilidade e cumplicidade do restante da equipe, eles seguiram na trilha, superando todos os obstáculos encontrados.

Depois do Bananal, a turma seguiu para o Apeú, explorando trilhas com alto grau de dificuldade. Boa parte da aventura foi feita à noite, num trecho bastante enlameado e excelente para o grupo. O Claustro abriu caminho, literalmente, para os carros. Ele foi desbravando a mata fechada e mostrando o caminho para a travessia. Tudo isso num cenário cinematográfico: o céu, desenhado por um luar espantosamente bonito, parecia acompanhar as peripécias dos jipeiros, sendo uma recompensa e um estímulo para o grupo.

Ao final da viagem, a sensação de alegria. O saldo da TPM 2008: jipes carregados de lama e jipeiros de roupa suja, mas com a alma lavada.