Campos de Bragança 2008

20 a 21/09/2008 | Bragança/PA

Os campos naturais de Bragança já são parte obrigatória do nosso calendário anual. Suas paisagens deslumbrantes e a dificuldade de atravessá-los nos leva todos os anos a enfrentar esse desafio. Na noite de sexta, 19/10, reunimos o grupo em um posto de gasolina na BR-316 para partir às 20h com destino a Traquateua. Depois de uma viagem tranquila, chegamos na Toka da Amizade para pousarmos. Esse local aprazivel já é nosso velho recanto, onde ficamos todas as vezes que vamos para esta região. Engraçado é o modismo onde muitos locais são denominados de TOKA de alguma coisa. Isso mesmo.. toca com K!

O pequeno susto da noite ficou pelo suspense na demora da chegada de nosso companheiro Chico Santarém, que foi obrigado a sair mais tarde e demorou para lá chegar. Felizmente, só mesmo o atraso, sem nenhum problema. Depois da noite de muito papo, com a presença do Vilmar (Negão) Walendowsky e sua esposa, casal do JC de Brusque e fundadores da Fenajeep, partimos para enfrentar os campos na manhã do sábado.

Na primeira incursão, a surpresa. Uma ponte quebrada nos impediu de prosseguir e tivemos de fazer o retorno para buscar um outro acesso. Assim feito, encontramos os campos bastante encharcados, prometendo muita aventura para atravessá-los. Daí, nenhuma surpresa. As dificuldades realmente foram tão grandes, que a trilha não chegou a percorrer nem dois quilômetros, resumindo a muita brincadeira em poucos metros.

Depois de passar o dia inteiro nos campos, retornamos para a pousada. De noite, nosso amigo Negão despediu-se de nós, pois tinha de retornar Brusque/SC, depois de passar 5 dias em nossa companhia, desfrutando da hospitalidade de Valdécio e Dani. Ao se despedir, Negão agradeceu a hospitalidade do JCP e mostrou-se impressionado com o companheirismo e a vitalidade do clube, convidando a todos a estarem presentes na próxima Fenajeep. Nós é que agradecemos a sua visita.

Na manha do domingo, fomos nos deliciar na fazenda de um amigo nosso. Ao chegarmos lá, para nossa agradabilíssima surpresa, nos deparamos com um verdadeiro paraíso escondido em Bragança. Depois de almoçarmos, retornamos a Belém, mais uma vez renovados depois de um bom banho de lama. Que venha a próxima!

Este evento teve a participação de 13 jipes, pilotados por 13 sócios , com a companhia de 11 zequinhas.
Piloto Zequinhas Veículo
Clausto pequeno trauma fobia - Engesa EE-4
Breno Bruno, Messias Xerife - Jeep Willys CJ3A
Rodrigo Simões Branquinha - Land Rover Defender 90
Professor Tanque - Land Rover Defender 110
Antonio Roda Roger Loro Pé de Pano - Jeep Willys CJ5
Wilson Roda Victor Vagalume - Engesa EE-4
Sílvio marvado - Jeep Willys CJ5
Vasconcelos Esperança Patchanga - Toyota Hilux
Waldécio Danni Nervoso - Troller T4
Iran Iran Neto Brutus III - Land Rover Defender 110
Cláudio Pedra Matinta Pereira - Toyota Bandeirantes
Gilberto Duelo Edi Girimun - Jeep Willys CJ5
Hérycles Celeste, Yuri Pathifa - Nissan Pathfinder
Convidados